Sobre nós

A Sociedade Ecovila Santa Branca

Foi fundada em 2004 a partir do projeto concebido em parceria entre a Fazenda Santa Branca, Tropical Imóveis e Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado (IPEC) com a finalidade de viver em equilíbrio com o meio ambiente exercendo todas as atividades de moradia e interação no espaço considerando a definição de sustentabilidade em atender as necessidades atuais sem comprometer o futuro e, ainda, ousando em ir além e deixando um impacto positivo no meio ambiente. 

O espaço é composto de 335 de lotes (privativos) com área de 1.500 a 4.500m², com aproximadamente 1/3 deles edificados atualmente. As áreas comuns contam com viveiro de plantas nativas e medicinais, área de gestão de resíduos, área para processamento e armazenamento de materiais, área de lazer, ciclovias, florestas temáticas e labirinto para meditação.

Quem somos?

Somos uma ecovila situada na APA do Rio João Leite à 7km de Terezópolis de Goiás – GO que foi comercializada em forma de condomínio.

Geralmente as ecovilas formam uma comunidade para ir para um lugar, nós preparamos um lugar para receber a comunidade. Desta forma é mais fácil?? Mais difícil? Não sabemos e acreditamos que não há certo e errado.

A nossa “cola”, o motivo em comum pelo qual optamos em estar aqui, é a relação com o meio ambiente, a reabilitação ambiental a partir da nossa forma de morar.

As normas aqui dentro são sempre sustentáveis, ou seja, atendermos as necessidades atuais sem comprometer o futuro. Como?? Através dos nossos pilares ambientais pré-estabelecidos. Ciclos da terra, biodiversidade e solo são nossos parâmetros ambientais. Aqui todos os ciclos da terra se fecham. A água é drenada e entra no solo, as árvores bombeiam a água e captam CO2, fechando também o ciclo do carbono. Nosso solo também está melhorando e não perdemos mais solo por erosão laminar. Temos nicho para fauna e flora, que é um grande coroamento para a ecovila, a fauna que veio e está restabelecida. Como antes o espaço era composto por pasto e braquiária, tínhamos apenas umas 6 ou 7 espécies, e hoje temos mais de 300 espécies interagindo graças à grande restituição da flora

Objetivos?

Morar bem interagindo com a natureza na busca desse equilíbrio com a sustentabilidade, com a reconstrução ambiental. As necessidades da comunidade são atendidas de forma a gerar sustentabilidade. Ou seja, o problema é solução! Por exemplo: a demanda do esgoto é tratada com fossa de evapotranspiração; 20% dos nossos quintais recebem plantio de árvores, criamos animais de produção e não temos cães e gatos, que são animais impactantes; o lixo compostado, vira solo; coletar água de chuva e infiltra-la novamente no chão; entre outras medidas que implantamos como oportunidades de reabilitação ambiental no nosso dia-a-dia.

Acredito que podemos dizer ainda que nosso objetivo é sermos felizes em harmonia com a natureza e que essa felicidade seja um gerador de vida para nós mesmos e ao nosso redor.

 

X