Sobre nós

A Sociedade Ecovila Santa Branca

Foi fundada em 2004 a partir do projeto concebido em parceria entre a Fazenda Santa Branca, Tropical Imóveis e Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado (IPEC) com a finalidade de viver em equilíbrio com o meio ambiente exercendo todas as atividades de moradia e interação no espaço considerando a definição de sustentabilidade em atender as necessidades atuais sem comprometer o futuro e, ainda, ousando em ir além e deixando um impacto positivo no meio ambiente. 

O espaço é composto de 335 de lotes (privativos) com área de 1.500 a 4.500m², com aproximadamente 1/3 deles edificados atualmente. As áreas comuns contam com viveiro de plantas nativas e medicinais, área de gestão de resíduos, área para processamento e armazenamento de materiais, área de lazer, ciclovias, florestas temáticas e labirinto para meditação.

Quem somos?

Somos uma ecovila situada na APA do Rio João Leite à 7km de Terezópolis de Goiás – GO que foi comercializada em forma de condomínio.

Geralmente as ecovilas formam uma comunidade para ir para um lugar, nós preparamos um lugar para receber a comunidade. Desta forma é mais fácil?? Mais difícil? Não sabemos e acreditamos que não há certo e errado.

A nossa “cola”, o motivo em comum pelo qual optamos em estar aqui, é a relação com o meio ambiente, a reabilitação ambiental a partir da nossa forma de morar.

As normas aqui dentro são sempre sustentáveis, ou seja, atendermos as necessidades atuais sem comprometer o futuro. Como?? Através dos nossos pilares ambientais pré-estabelecidos. Ciclos da terra, biodiversidade e solo são nossos parâmetros ambientais. Aqui todos os ciclos da terra se fecham. A água é drenada e entra no solo, as árvores bombeiam a água e captam CO2, fechando também o ciclo do carbono. Nosso solo também está melhorando e não perdemos mais solo por erosão laminar. Temos nicho para fauna e flora, que é um grande coroamento para a ecovila, a fauna que veio e está restabelecida. Como antes o espaço era composto por pasto e braquiária, tínhamos apenas umas 6 ou 7 espécies, e hoje temos mais de 300 espécies interagindo graças à grande restituição da flora

Onde estamos?

A ecovila está localizada no município de Terezópolis de Goiás-GO, a 20 minutos do Aeroporto Internacional de Goiânia, entre a capital e Anápolis-GO.

Estamos à 7km de Terezópolis de Goiás – GO, na Fazenda Santa Branca, a 40km de Goiânia e 33km de Anápolis, no coração da APA do Rio João Leite, região que verte água para 3 milhões de pessoas na cidade de Goiânia.

Objetivos?

Morar bem interagindo com a natureza na busca desse equilíbrio com a sustentabilidade, com a reconstrução ambiental. As necessidades da comunidade são atendidas de forma a gerar sustentabilidade. Ou seja, o problema é solução! Por exemplo: a demanda do esgoto é tratada com fossa de evapotranspiração; 20% dos nossos quintais recebem plantio de árvores, criamos animais de produção e não temos cães e gatos, que são animais impactantes; o lixo compostado, vira solo; coletar água de chuva e infiltra-la novamente no chão; entre outras medidas que implantamos como oportunidades de reabilitação ambiental no nosso dia-a-dia.

Acredito que podemos dizer ainda que nosso objetivo é sermos felizes em harmonia com a natureza e que essa felicidade seja um gerador de vida para nós mesmos e ao nosso redor.

Pilares Norteadores

Atualmente realizamos a premissa da sustentabilidade através da proteção, valorização e desenvolvimento da biodiversidade com ações para restaurar o cerrado, colaborando com o desenvolvimento da fauna e flora locais. Fechamos os ciclos da terra facilitando com que a água retorne para o solo através de ações de retroajuste ambiental e plantio de árvores equilibrando as emissões de CO2 e, ainda, colaboramos com o desenvolvimento do nicho para fauna e flora. Priorizamos também a proteção de solo, assim não perdemos solo por erosão laminar.

Sobre as atividades humanas, uma das grandes preocupações sociais hoje é a questão do esgoto, que aqui é tratado individualmente em cada lote e da mesma forma são separados os resíduos. O uso de alternativas com energias renováveis é recomendado, porém não obrigatório. Cada morador é responsável por toda a água que cai em seu terreno utilizando infiltradores, reservatórios de água pluvial.

Sobre os parâmetros de sustentabilidade adotados

Organizamos nossos pilares norteadores em atividades ambientais (biodiversidade, ciclos da terra e proteção de solo) e atividades humanas (relacionamento, recursos e resíduos), apesar de que todas elas envolvem pessoas e meio ambiente, mas apenas de forma a distinguir o foco de impacto de cada conjunto de ações.

As atividades ambientais:

  • Biodiversidade

O termo biodiversidade – ou diversidade biológica – descreve a riqueza e a variedade do mundo natural. As plantas, os animais e os microrganismos fornecem alimentos, remédios e boa parte da matéria-prima industrial consumida pelo ser humano.

Visando sempre a observação e o retroajuste ambiental, desenvolvemos de ações para que a água infiltre na terra como jardins de chuva, trincheiras e infiltradores. Foram plantadas entorno de 150mil árvores aumentando a biodiversidade, enriquecendo o solo e captando CO2. Criamos nicho para fauna e flora, atualmente temos animais de topo de cadeia reproduzindo na ecovila.

Quanto mais rico o ambiente, mais espécies estão integradas. No início da sociedade existiam pouco mais de 200 e atualmente temos mais de 600 espécies, sem que fosse realizada qualquer ação direta em trazer animais, sendo este aumento uma resposta natural do ambiente.

  • Proteção de solo

Seguido pelo desmatamento, o pastoreio excessivo, cultivos em ladeiras inclinadas e falta de uso de práticas de proteção conduzem o solo a erosão. Esse fenômeno afeta o papel dos solos na vitalidade dos ecossistemas, reduzindo sua capacidade de atuar como filtro de contaminantes, de colaborar com ciclo hidrológico e ciclagem de nutrientes, de prover habitats para a biodiversidade e depósito de carbono.

  • Ciclos naturais do planeta

Os ciclos da natureza têm a ver com a forma como a terra se renova. As coisas vivas dentro de um ecossistema interagem uns com os outros e também com o seu ambiente não vivo, para formar uma unidade ecológica, que é em grande parte auto-suficiente.

No solo ocorrem a ciclagem e o armazenamento de nutrientes necessários ao desenvolvimento das plantas. O solo também é um imenso reservatório de água, sendo fundamental no processo de abastecimento do lençol freático e de aquíferos.

 

Retroajuste ou Reabilitação Ambiental

Hoje percebemos uma deficiência no ambiente social, mostrando o direcionamento a uma atenção especial para as relações, visando fortalecer a conexão dos moradores e ainda um maior envolvimento dos funcionários. Percebemos ainda oportunidades de melhoria na nossa gestão de resíduos, qualidade nas infraestruturas e desenvolvimento do nosso ambiente natural.

Após 15 anos de implantação a Ecovila Santa Branca sente que atingiu seus propósitos iniciais e assume novos desafios com melhorias e um crescimento orientado para direcionar esta nova etapa aprendendo com os erros, ouvindo a comunidade e checando quais objetivos não foram atingidos anteriormente para assim definir: qual é a evolução dessa comunidade e o caminho de escolha dela.